Moço,

Moço, desculpa meu jeito. É que eu ando tão acostumada com sentimentos ruins, que quando recebo carinho, não sei como lidar com isso.

couple

Anúncios

Minha estranha favorita

Engraçado como achávamos que seria pra sempre. Que inocência. Nada é.

Agora, você está aí, vivendo outras histórias, e eu não faço parte de nenhuma delas. Já não sei quem anda beijando, quem anda amando e quem você colocou no meu lugar. Nem sei se conseguiu chegar naquela cor de cabelo que tanto queria. Só sei de mim. Mudei. Piorei. Voltei à fumar. Abri mão. E aí você virou a minha estranha favorita. Justo você que sabia dos meus segredos mais obscenos, dos meus medos mais intensos e das minhas mentiras mais sujas. Justo você.

Me lembro das músicas, das palavras e dos segredos compartilhados na escada. Hoje em dia não compartilhamos nem um “olá”.

A nossa foto continua na minha estante e provavelmente você diria que eu só sei viver do passado, e que se é passado que eu me desfaça dele, mas não posso me desfazer da nossa foto. Lá estávamos nós rindo de algo que não importa mais, e esse é o problema, deveria importar.

A questão é que deixou de fazer diferença à algum tempo, morreu e foi levado com o vento. Mas você sabe como eu sou, então eu ainda me lembro dos abraços, dos intermináveis sermões e das gargalhadas fora de hora, me lembro de tudo, mas me lembro também que não faz mais diferença. Porque hoje, você só faz parte do meu passado, é só uma lembrança como aquelas que eu compartilhava com você, como aquelas que você me mandava esquecer.